Economia de Tempo e Praticidade

Voltar
  • Oportunidade de negócios

    Tudo ao mesmo tempo, agora. Essa é a vida de muita gente. Para nós o tempo virou artigo de luxo. São tantas as atividades que você e outras pessoas hoje em dia têm que enfrentar: levar e buscar as crianças no colégio, ensinar o dever, ir trabalhar (muitas vezes uma carga horária bem estendida), estudar, lidar com o rapaz que conserta a sua lavadora de roupas, arrumar a casa (ter uma boa empregada hoje não é fácil), preparar as refeições, levar os filhos a diversos compromissos, fazer compras no supermercado, comprar o presente da sogra ou do aniversariante da semana (são tantos). E como deixar de lado os cuidados com o corpo e a mente: ir ao salão de beleza, à igreja (ou qualquer local que abrigue suas crenças), à academia, ao médico, dentista, dar apoio à amiga que terminou com o namorado, e a lista segue. E ainda tem que sobrar tempo para dar atenção ao companheiro e é claro ficar bonita e se divertir, afinal ninguém é de ferro. E, além dessas atividades, sempre aparece algo fora da sua programação. Essa descrição segue a rotina de muitas mulheres que trabalham fora, estudam, têm filhos e um relacionamento sério com alguém.
    Mas essa atribulação não é privilégio só das mulheres. A vida do homem que antes saía para trabalhar fora e quando voltava para casa poderia relaxar, também mudou. A maioria dos homens divide algumas (às vezes muitas) tarefas consideradas femininas e ajudam na criação dos filhos, além de assumir algumas atividades que sempre foram papel masculino como trocar lâmpadas ou cuidar da manutenção do carro.
    Existem muitos outros exemplos de pessoas que vivem uma vida atribulada. A mãe solteira que trabalha fora e cuida das crianças e que não divide a tarefa com ninguém. Ou o solteiro que tem uma jornada de trabalho, e outra de estudo (que pode ser bem longa hoje em dia). O que todos têm em comum é a necessidade por praticidade em suas vidas.
    Veja os fatores que contribuem para a força dessa tendência:

    • Organizador de ambientes
      Nesse mundo moderno e acelerado em que vivemos, alguns profissionais surgem para suprir novas demandas. É o caso do organizador de ambientes. Se você é uma pessoa excepcionalmente organizada, gosta de trabalhar com pessoas e tem um espírito empreendedor, essa atividade pode ser o que você está procurando.
      Como organizador profissional, você pode oferecer a seus clientes os serviços de organização do espaço de suas casas, deixando-as mais habitáveis ao maximizar os espaços, ajudando a fazer descartes de papéis e objetos que não têm mais utilidade. O profissional pode optar também por trabalhar com ambientes de negócios, ajudando a organizar um novo sistema de arquivamento, por exemplo. Constam do serviço, orientações para que se possa manter a organização dos espaços.
      Como é um serviço focado em mudanças, um dos seus principais aspectos é a disposição do cliente em participar do processo, considerando que é dele a obrigação de mantê-lo. O treinamento de funcionários domésticos para manter a arrumação da forma que foi disposta, pode fazer parte do serviço.
      O empreendedor pode atuar também na organização de mudanças: encaixotamento e organização dos objetos na casa nova.
      Um negócio desse tipo é construído à base de referências. Se você estiver iniciando, talvez seja interessante fazer alguns projetos de forma gratuita para alguns amigos. Em troca, solicite ajuda na divulgação do serviço.
    • Empresas de entrega rápida - Delivery
      De acordo com a Classificação Nacional de Atividades Econômicas, os serviços de entrega rápida compreendem a entrega de mercadorias do mercado varejista e de serviços de alimentação no endereço do cliente, podendo englobar entrega de medicamentos, revistas e jornais etc.
      A prestação de serviços de delivery deixou de ser exclusiva da alimentação e chegou a outros ramos de negócio. Atualmente, entrega-se de tudo: medicamentos, compras de supermercado, equipamentos eletrônicos, produtos eróticos, roupas e até sapatos. O empreendedor pode optar por realizar as entregas por meio de motos ou bicicletas.
      O cenário é extremamente promissor para as empresas de entrega rápida, devido ao aumento do número de empresas que funcionam somente no sistema delivery, ou seja, aquelas que não têm acesso pessoal com os clientes, sem portas abertas para a rua. Entretanto, muitas empresas com pontos comerciais fixos também fazem entregas e se utilizam do serviço de forma terceirizada, o que contribui para aumentar os negócios.
    • Restaurantes e lanchonetes
      Existe um grupo de pessoas que realiza a maioria de suas refeições fora de casa, principalmente no horário do almoço. O que antes era perfil somente de pessoas que trabalhavam fora e não tinham tempo para almoçar em casa, hoje têm adeptos como pessoas que moram sozinhas, mães de família que não têm tempo de fazer almoço, por isso, compram marmitas para os filhos.
      Quanto mais as pessoas estiverem com o tempo contado, mais elas irão preferir opções mais rápidas que estejam nas proximidades de sua casa ou trabalho, ou no seu caminho, desde que estejam dentro de seu orçamento.
      O tipo de estabelecimento mais procurado é o de restaurantes por quilo, mas os locais em que vendem marmitas também têm obtido crescimento.
      A busca da praticidade não está centrada somente no horário do almoço. Muitas famílias têm preferido trocar o jantar por lanches. A jantinha, geralmente servida em pequenos estabelecimentos também tem crescido e tem boa demanda. A composição de churrasquinho, uma pequena porção de feijão tropeiro, mandioca, e opcionalmente arroz tem ganhado muitos adeptos devido à praticidade.
      Os serviços de lanchonetes, principalmente as franquias, são muito requisitados para esse perfil de cliente.
    • Loja de Conveniência
      Com a correria do dia a dia nas grandes cidades e seus problemas crescentes de mobilidade urbana, cada vez mais as pessoas procuram produtos de uso básico (os chamados produtos de conveniência) em locais de fácil acesso, muitas vezes no trajeto trabalho-casa. Muitos consumidores se dispõem a pagar mais caro para adquirir esses produtos de forma rápida e cômoda e em qualquer horário. Os postos de combustíveis são os locais preferidos para a instalação das lojas, que muitas vezes funcionam 24 horas.
      Os principais produtos vendidos em lojas de conveniência são sanduíches, bebidas, salgados, doces, pratos congelados, sorvetes, cigarros e materiais de higiene e limpeza. Muitas lojas possuem até 700 itens para venda e oferecem serviços de lan house, banco 24 horas, revistaria, tabacaria, lanchonete e espaço para relaxamento.
    • 1Mudança no papel da mulher
      Essa mudança é talvez o maior influenciador dessa tendência. Cada vez mais, vemos mulheres que deixam a exclusividade dos cuidados com a casa e os filhos para trabalhar fora, muitas vezes acumulando diversas atividades. Além disso, elas são responsáveis por grande parte (66%) da decisão de compra de produtos consumidos pelas famílias brasileiras (veja mais sobre o assunto na tendência “O poder da mulher no mercado”).
    • 2Transformações na estrutura familiar
      Com a alteração dos valores e a saída da mulher do lar, longe dos afazeres domésticos, diretamente para o mercado de trabalho, o homem deixou o papel de provedor único. Até na legislação, o papel do homem mudou. No Novo Código Civil a expressão “pátrio poder” foi substituída por “poder familiar”, que pode ser exercido por ambos os sexos.
    • 3Mais pessoas morando sozinhas
      De acordo com a Macroplan, o consumo das pessoas que moram sozinhas vem crescendo em média 6% ao ano (as chamadas famílias unipessoais, em Goiás, passaram de 9,6%, em 2000, para 13,2%, em 2010). E elas são responsáveis por 40% do aumento das vendas de produtos práticos e em porções individuais (veja mais sobre o assunto na tendência “Mercado Single”).
    • 4Urbanização e interiorização do desenvolvimento
      Quanto mais urbanizadas as cidades, mais a vida das pessoas que vivem nelas se parece com o perfil que descrevemos. Sem mencionar o tempo que se perde nos trajetos, seja em carro próprio ou no transporte público, para cumprir com todas essas atividades. A Macroplan destaca, além da urbanização, a interiorização do desenvolvimento, que provoca o aumento populacional nas regiões e consequentemente transforma as cidades, trazendo várias características das cidades maiores.
    • 5Valorização de produtos que ganhem tempo
      Estudo da Kantar Worldpanel (antiga Latin Panel), realizado com 6.400 shoppers (pessoa que realiza uma compra, sendo ela consumidora ou não) na América Latina, apontou que o cliente está em busca de praticidade. O tempo é a principal economia dos consumidores. Quanto mais agitado é o estilo de vida, mais valorizado é o tempo e mais valor tem a praticidade.
    • 6Escassez e o encarecimento do empregado doméstico
      Têm grande influência nessa tendência, principalmente com relação à classe média, e pode trazer impactos profundos para a sociedade, obrigando as famílias a reorganizarem seus hábitos domésticos. As mulheres mais jovens estão abandonando a atividade, migrando para outros tipos de trabalho e muitas famílias já se organizam em função da empregada doméstica para ser possível mantê-la.
    • 7Múltiplos papéis
      Na verdade, tudo é interligado. A tecnologia disponibilizou a proximidade e a rapidez e trouxe com ela a possibilidade de se fazer mais. Assim, o ritmo da vida cotidiana passou a ser cada vez mais acelerado. Segundo a tendência, 99 vidas, da futuróloga Faith Popcorn da Brain Reserve, a falta de tempo causa uma esquizofrenia social e nos força a assumir múltiplas funções (pai, filho, profissional, empresário, consumidor, voluntário, amigo, cidadão etc.), criando um tipo de vida que pode ser muito estressante. Essa tendência resulta na sensação de ter-se um cronograma apertado, muitos compromissos, estar sempre com pressa. A verdade é que nós não nos satisfazemos mais em exercer um único papel na sociedade.
  • Você sabia?
    O estudo Brasil Foods Trends 2020 identificou a tendência conveniência e praticidade, composta por alimentos que facilitam a vida das pessoas. o estudo aponta o crescimento da demanda por refeições prontas e semiprontas, alimentos de fácil preparo, embalagens de fácil abertura, fechamento e descarte, com destaque para produtos preparados em forno de micro-ondas, kits para preparo de refeições, além de serviços e produtos de delivery. para a alimentação fora do lar, cresce o consumo de produtos em pequenas porções (snacking, finger food), produtos embalados para consumo individual (monodoses), produtos adequados para comer em trânsito ou em diferentes lugares e situações. entretanto, essas tendências convergem com as necessidades de saudabilidade e bem-estar, resultando no aumento da demanda de alimentos convenientes, tais como bebidas à base de frutas, snacks de vegetais, iogurtes, entre outros.
    • Para você que tem um pequeno negócio e pouco dinheiro para investir, talvez você possa fazer mudanças que melhorem seus resultados com bem pouco. Analise seus produtos e serviços e pense se existe algo que possa ser feito para agilizar o atendimento, diminuir as filas e reduzir o tempo de espera.
    • Tem uma loja virtual? Fique atento aos prazos de entrega, principalmente se você tiver concorrentes que vendam um produto semelhante, pelo mesmo valor. Se você começar a perder os prazos de entrega de seus produtos, ou propor prazos longos demais para a entrega, você pode perder clientes. Não prometa o que não pode cumprir. A verdade é que nenhuma loja virtual está livre de um eventual atraso. Se mesmo com todos os esforços isso acontecer, aja com transparência. Informe o motivo do atraso e mostre ao cliente que está interessado em resolver a situação o quanto antes.
    • Os produtos e serviços que permitam às pessoas um ganho maior de tempo para focar em atividades mais prazerosas, como ficar com a família ou diminuir o estresse têm grande chance de aceitação. Empreendedores que ainda não entenderam que as pessoas não querem enfrentar filas intermináveis, esperar um processo lento e demorado para fazer um cadastro, precisam entender.
    • Você verá nas oportunidades de negócios listadas a seguir, as lojas de conveniência. O conceito de conveniência pode ser aplicado também a empreendimentos de estrutura mais simples, em bairros residenciais, por exemplo. Uma pequena empresa pode oferecer itens básicos em uma região em que as opções de compra como mercados e supermercados estão mais distantes. Mas é importante ficar atento à legislação, pois alguns produtos não podem ser comercializados em qualquer tipo de estabelecimento.
  • Idéias de Negócios

    Veja aqui algumas idéias de negócios com grande potencial para Goiás, conforme o Estudo de Tendências e Oportunidades de Negócios produzido pelo Sebrae.

    Para cada idéia serão apresentados conceitos e informações relativas a processo produtivo, mercado, marketing e vendas, canais de comercialização, estrutura, localização, equipamentos, tecnologia, necessidade de pessoal, custos e capital de giro, fonte de recursos, planejamento financeiro, legislação, cursos, eventos e sites com informações de interesse do empreendedor.

    Selecione e receba em seu e-mail ou envie à um amigo as idéias de negócios que lhe interessar.

    Lembre-se, decidindo em abrir a sua empresa ou desejando expandí-la, procure o Sebrae mais próximo para lhe ajudar com seu plano de negócios e demais estratégias para o sucesso de seu empreendimento. Boa sorte!

    Loja de Conveniência
    Organizador de Ambientes
    Restaurante Self Service
FECHAR
Receba nosso documento em seu e-mail
Informe os dados abaixo e clique no botão “Enviar”.