Casal Sem Filhos

Voltar
  • Oportunidade de negócios

    Você já prestou atenção aos comerciais de margarina? Aqueles com uma família feliz, composta pelo casal e seus filhos ao redor de uma mesa. Pois se depender de muitos casais, somente a parte do casal feliz se tornará realidade.
    Você deve ter ao menos um casal conhecido que declarou não querer ter filhos, ou que esteja esperando se estabelecer na vida antes de pensar nisso. Essa já é uma tendência crescente em muitos países, principalmente nos mais desenvolvidos.
    Esse novo arranjo familiar é chamado de casal Dinc (Duplo Ingresso, Nenhuma Criança). São casais com dupla renda e que estão sem filhos. Dizemos estão, pois talvez uma parte desses casais opte por ter pelo menos um filho, ao longo do período reprodutivo.
    Em artigo, os autores José Eustáquio Alves e Luiz Felipe Barros, especialistas em estudos populacionais, afirmam que o número e o percentual de casais Dinc no Brasil passaram de cerca de um milhão, em 1996, para dois milhões, em 2006, e 2,8 milhões, em 2011. Em termos percentuais, o aumento foi de 2,7% para 3,7% e chegou a 4,5%, nas mesmas datas.
    Vejamos os principais fatores que impulsionam essa tendência:

    • Empresa especializada em pequenos projetos e reformas
      A empresa pode se especializar em projetos para casais sem filhos e pessoas solteiras (considerando que algumas necessidades são iguais) que possuam melhor poder aquisitivo. Projetos de arquitetura e design pré-planejado ou completamente personalizado podem proporcionar a esse cliente alguns de seus sonhos de consumo, em sua casa.
      Com o foco mais restrito, a empresa poderá se especializar especificamente em uma ou mais dessas atividades:
      - Cozinha - um espaço bem planejado para dois, permite que o casal conquiste uma cozinha mais versátil e harmoniosa. A ideia é que o design de interiores se especialize em ambientes práticos para esse perfil de cliente.
      - Closets planejados - um bom e espaçoso closet é o sonho de consumo de muitas mulheres. É ter um espaço amplo que vai, além de guardar as roupas sem aperto, ter espaço para acessórios, bolsas, sapatos e tudo mais, de forma bem organizada.
      - Ambiente para receber os amigos - com mais tempo para si mesmos, amigos e familiares, os casais buscam um ambiente que estimule o bem-estar e o prazer do convívio, com isso, abrem-se novas ideias no mercado de móveis com designs diferenciados e espaços diversificados para receber pessoas que vão muito além da sala convencional ou ambientes externos com churrasqueiras.
      - Sala de lazer - a ideia aqui é construir um espaço de lazer que mais combine com o estilo de vida e com o gosto do casal e é claro com o espaço disponível. Pode ser a instalação de um home theater, console de jogos, ou uma boa mesa para carteado, ou um espaço adequado para jogos de tabuleiro.
    • Cursos de culinária para casais
      A arte culinária e gastronômica é hoje sinônimo de status, muito apreciado pela classe de pessoas com poder aquisitivo mais alto. São aficionados que a utilizam como entretenimento e lazer ou socialização em torno da alimentação. A empresa pode oferecer cursos de períodos curtos, que ensinam pratos possíveis de ser repetidos a quatro mãos, em um jantar especial.
      A empresa pode fazer uma programação especial para casais, mas deve atender outros públicos, podendo incluir cursos específicos para quem não entende nada de cozinha e está dando os pequenos passos, para homens solteiros, específicos em um tipo de cardápio. Pode agregar ao serviço, realizando a venda de itens para a cozinha.
    • Jantares harmonizados em domicílio
      Os jantares harmonizados têm sido um atrativo interessante para restaurantes de alto padrão gastronômico ou eventos promovidos por empresas de vinho. A sugestão aqui é levar essa proposta de serviços para a casa do cliente. Um chef de cozinha e um sommelier podem se especializar em fazer pequenos eventos para proporcionar um jantar de alto padrão para os clientes e seus convidados em comemorações especiais, aniversários, noivados em casa, ou em espaços disponibilizados pelo cliente.
    • Empresas de automação residencial
      Nesse tipo de empreendimento a especialidade é automatizar a casa transformando-a em casa inteligente. O grande atrativo desse negócio é proporcionar ao cliente conforto e status. Os casais sem filhos são clientes potenciais desse tipo de negócio.
      A automação residencial é a integração entre diversos equipamentos motorizados e automatizados conversando entre si. O objetivo é proporcionar ao cliente uma casa automatizada, na qual com um único comando seja possível apagar as luzes de toda a residência, fechar cortinas, desligar pontos de ar-condicionado, gerenciar a parte de segurança e câmeras.
      A iluminação e todas as tarefas relacionadas à luz e a integração do áudio e vídeo são serviços que podem ser prestados nesse tipo de negócio. O usuário pode, por exemplo, conectar o pen drive no computador da sala e ouvir a música no quarto, por meio de um clique no controle ou utilizar um só controle para todos os aparelhos.
      Apesar de ser um sinal de status, a automação residencial está cada vez mais disponível às “pessoas comuns” que tenham algum dinheiro sobrando e procuram uma casa inteligente. Projetos mais simples que comportem o bolso do cliente também são possíveis. Algumas pessoas só realizam o projeto de uma sala de home theater, por exemplo.
    • 1Fim da economia de subsistência
      A família numerosa que era muito adaptada à economia de subsistência (os filhos trabalhavam no campo junto aos pais) foi perdendo espaço na nova sociedade cada vez mais urbana, na qual os filhos têm um custo cada vez mais alto, pois têm que passar por um longo processo de aprendizado educacional formal para conseguir ser inserido no mercado de trabalho. Os filhos deixam de ser a fonte da riqueza dos pais e passam a ter um peso cada vez maior no orçamento familiar. Nessa situação, as taxas de fecundidade tendem a ser cada vez mais baixas (Alves e Barros, 2012).
    • 2Mudança dos objetivos da mulher
      Antes o principal objetivo era formar e cuidar da família. Hoje, a realidade é outra. Ela adia cada vez mais a maternidade para alcançar outros objetivos, ou simplesmente não tem intenção de ter filhos. Comprovando esse fato, uma projeção do IBGE aponta que a idade média das mulheres terem filhos passará de 26,9 anos para 29,3, em 2030.
    • 3Adiamento devido a busca do sucesso profissional
      Não é só a mulher a responsável pelo adiamento da concepção dos filhos. O homem também influencia na decisão e o sucesso profissional é o maior fator. Muitos casais têm uma agenda muito atribulada, viajam muito e consideram que filhos não combinam com o estilo de vida que escolheram.
    • 4Impacto que um filho tem na vida do casal
      O impacto que um bebê tem nas contas domésticas é um dos fatores determinantes na decisão de muitos casais de não ter filhos. Cada vez mais mulheres estão desistindo de ser mães ao observarem as dificuldades que seus amigos têm na criação dos filhos.
    • 5Maior nível de escolaridade
      Com mais tempo e dinheiro livre, os casais Dinc investem mais em educação e obtêm maior resultado financeiro. A sua renda tende, portanto, a ser maior do que a dos demais arranjos familiares. Com mais recursos, eles investem mais em saúde, bem-estar e cobertura previdenciária, o que aumenta sua expectativa de vida.
    • 6Maior maturidade desse consumidor
      Como já apontamos, as pessoas estão se casando mais tarde, o que os tornam um casal mais amadurecido do ponto de vista do consumo do que um casal mais jovem.
  • Você Sabia?
    Para criar um filho até os 23 anos, considerando todas as despesas com escola, faculdade, médicos, roupas e entretenimento, um casal de classe “a” não desembolsaria menos de r$ 1,84 milhão, segundo cálculos do instituto nacional de vendas e trade marketing (invent). Mesmo um casal com renda modesta, de classe “d”, que só tenha gastos com alimentação, roupas e lazer, hoje não cria um filho sem investir pelo menos r$ 78 mil. Não é à toa que os casais dinc tenham uma boa folga orçamentária e que possam gastar com outras coisas. Seu poder de compra atual é de r$ 168 bilhões ao ano, um valor 30% superior ao das famílias tradicionais, aquelas com filhos e em que só um cônjuge trabalha (revista época negócios).
    • Você possui um negócio no varejo? Aproveite o alto poder aquisitivo desse público. Eles compram mais por impulso, devido à falta de tempo, já que ambos trabalham, mas também porque procuram itens de preparo rápido e estão mais abertos à experimentação de itens novos e diferenciados, em geral com maior valor agregado.
    • Tem uma casa noturna? Que tal promover eventos em dias específicos voltados a casais, com programação mais romântica? Lembre-se que esse consumidor tem dinheiro para gastar e valoriza experiências novas.
    • Fique atento a algumas características desse consumidor e analise como você pode melhorar o seu produto, serviço ou atendimento. Os casais Dinc procuram qualidade, variedade, autenticidade, querem ter experiências novas. Além disso, eles costumam cultivar um grupo de amizades, promovem festas em casa, viajam com os amigos, vão a eventos. Eles também presenteiam amigos, afilhados, sobrinhos, e muitos mantêm animais de estimação.
  • Idéias de Negócios

    Veja aqui algumas idéias de negócios com grande potencial para Goiás, conforme o Estudo de Tendências e Oportunidades de Negócios produzido pelo Sebrae.

    Para cada idéia serão apresentados conceitos e informações relativas a processo produtivo, mercado, marketing e vendas, canais de comercialização, estrutura, localização, equipamentos, tecnologia, necessidade de pessoal, custos e capital de giro, fonte de recursos, planejamento financeiro, legislação, cursos, eventos e sites com informações de interesse do empreendedor.

    Selecione e receba em seu e-mail ou envie à um amigo as idéias de negócios que lhe interessar.

    Lembre-se, decidindo em abrir a sua empresa ou desejando expandí-la, procure o Sebrae mais próximo para lhe ajudar com seu plano de negócios e demais estratégias para o sucesso de seu empreendimento. Boa sorte!

    Automação Comercial
    Jantar a Domicílio
    Pequenas Construções e Reformas
FECHAR
Receba nosso documento em seu e-mail
Informe os dados abaixo e clique no botão “Enviar”.