Busca da Espiritualidade

Voltar
  • Oportunidade de negócios

    A mudança na configuração religiosa traz gradualmente o fim da hegemonia católica. Sim, eles ainda são maioria, e devem continuar sendo, mas têm perdido muitos fiéis para outras religiões, principalmente para as evangélicas. E o processo é veloz.
    O número das pessoas que se declara sem religião também cresceu, mas não quer dizer necessariamente que elas se enquadrem no ateísmo, podendo ser uma situação intermediária, na qual a religião ainda não esteja definida.
    Independente do credo, o fato é que as pessoas estão cada vez mais ligadas à sua espiritualidade. E esse grupo de pessoas tem movimentado a economia. De acordo com uma pesquisa da Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM), o faturamento anual desse mercado já supera os R$ 10 bilhões no Brasil.
    Entenda melhor os principais fatores que impulsionam essa tendência:

    • Retiros espirituais
      O significativo crescimento das religiões é manifestado pela forte tendência ao espiritualismo. Esse aumento espiritual e místico se dá pela procura por respostas para problemas e questões do dia a dia, em que por meio de relatos de milagres, curas, entre outros, são atraídos para esse clima de serenidade e de paz. Com isso, o retiro espiritual foi significadamente inserido nas religiões para que as pessoas busquem um tempo para si mesmas, para refletirem e se encontrarem com o divino, encontrarem equilíbrio e paz interior, seja em qual forma expresse sua espiritualidade.
      Retiros podem ter diversos formatos e duração. Uma forma comum tem dois dias, geralmente em finais de semana e é realizado em um local que permite contato com a natureza e tranquilidade. Surge assim, a oportunidade para empreendedores em organizar esse tipo de evento, ou para empresas de eventos, já constituídas, de ampliar seu portfólio com atividades como palestras, testemunhos, gincanas, trilhas na natureza, entre outros, sempre com a participação de responsáveis com uma ou outra denominação religiosa.
      Para o empreendedor que desejar investir nessa oportunidade, os feriados prolongados são ideais para essa forma de evento, sendo que uma das datas preferidas é o Carnaval. Ele deve ter em mente qual a programação será oferecida e seguir estritamente o programado. Alguns preferem um formato de retiro com exaltações por meio de músicas e atividades de integração com os outros participantes, trazendo um estreitamento das relações (modelo bem aceito por jovens). Outros preferem um ambiente de meditação tranquila, regada à prática de yoga, exercícios, trilhas e contato com a natureza.
    • Bar Gospel
      O jovem evangélico não tem muitas opções de lazer onde os riscos de envolvimento com o álcool e drogas são menores.
      Uma interessante oportunidade de negócio seria um local para a comunidade gospel se encontrar, no qual eles se sintam à vontade e acolhidos. Nesse tipo de local não há comercialização de bebidas alcoólicas. O ambiente deve oferecer boa comida e opções diversificadas em bebidas sem álcool. Pode ser ambientado com música ao vivo, com bandas de música religiosa. Como diferencial, o empreendimento pode oferecer programações diferentes nos dias da semana, como karaokê.
    • Comercialização de CDs, DVDs, bíblias, livros de conteúdo espiritual
      A comercialização desses itens é o negócio principal dessa tendência. Que tal abrir um negócio que comercialize estes itens e outros mais dentro da temática religiosa.
      Um dos diferenciais deste segmento comercial é a fidelidade dos consumidores, fato que vem sendo cada vez mais difícil de encontrar em outros segmentos.
      Existem muitas lojas que atendem a esse público, cada uma em sua crença, principalmente a católica, a evangélica e a espírita. A distinção e diversidade de produtos podem ser um diferencial.
    • Confecção cristã
      Oportunidades é o que não faltam no vestuário cristão. O empreendedor pode investir no vestuário da mulher cristã, que siga o seu estilo de vida, com bom senso, discrição e decência, mas sem se afastar das tendências da moda.
      As camisetas com estampas personalizadas e mensagens que professem a fé pode ser outra linha a ser seguida.
    • 1Maior diversificação religiosa
      A Fundação Getulio Vargas realizou um estudo, em 2011 chamado Novo Mapa das Religiões, que aponta a queda do número de fiéis da igreja católica. Em 1970, no Brasil havia 91,8% de católicos e 5,2% de evangélicos. Em 2009, os números passaram a 68,4% e 20,2%, respectivamente. O número de pessoas que se declara sem religião também cresceu, passando de 0,8% a 6,7% nesse mesmo período de tempo. Goiás segue a tendência, com um número percentual de evangélicos ainda maior do que os encontrados a nível nacional (católicos, 65,4%; evangélicos, 25,03%; sem religião, 5,35%).
      O referido estudo ainda apresenta uma análise que aponta um panorama novo para a religião no Brasil, em que o catolicismo tende a ser mais diluído. As mulheres que sempre foram mais religiosas que os homens, são menos católicas que eles. Enquanto os homens abandonaram as crenças, as mulheres trocaram de crença, preservando mais que eles a religiosidade. O catolicismo é patriarcal, já a religiosidade é mais feminina que masculina, sendo passada de mãe para os filhos. Talvez por isso vimos a infância e juventude brasileira menos católicas que outras faixas etárias (FGV, 2011).
    • 2Releitura no território da fé
      O Brasil e Goiás estão passando por uma transição de uma sociedade essencialmente católica a uma mais diversificada. É mais do que a migração da religião católica para a evangélica, é a busca por uma forma de crença que mais se adapte aos seus valores, que mais lhe dê respostas e conforto. É o fim do conformismo pela religião escolhida na infância. Outras religiões também tiveram amplo crescimento como a espírita e outros deixaram de pertencer a alguma religião.
    • 3Desejo de pertencimento
      A religiosidade tem tomado um lugar de destaque na vida de milhões de pessoas. As pessoas querem mais do que pertencer, querem entender, ensinar, contribuir nos preceitos escolhidos. Elas querem se unir a quem partilhe de suas crenças. É fato que algumas pessoas, em momentos difíceis de sua vida, buscam ajuda no meio espiritual para superar problemas, perdas, frustrações, geralmente em forma de grupo de apoio, muitas vezes religioso. Mesmo que naquele momento essas pessoas não tenham aquela crença em comum, muitas vezes os ensinamentos fazem sentido e de forma natural elas comecem a frequentar uma determinada religião.
    • 4Mudanças da postura das religiões
      A forma com que as religiões lidam com seus fiéis também está se transformando. Na igreja católica, os movimentos carismáticos tomam força. No ano de 2013, o Brasil foi palco da Jornada Mundial da Juventude que arrebanhou uma multidão de fiéis. Os evangélicos não ficam atrás em seus eventos grandiosos com exaltação e música e muita oração.
    • 5Contratendência do materialismo
      Uma explicação à maior aproximação das pessoas com a fé pode ser uma reação à postura do homem excessivamente materialista, como uma busca desesperada para solucionar os problemas (Kakuta e Ribeiro, 2007).
  • Você Sabia?
    Os artistas gospel e os padres cantores (Padre Marcelo Rossi e Padre Fábio de Melo) desbancam de longe artistas populares. No ano de 2013, o CD do Padre Marcelo Rossi “já deu tudo certo” ficou em primeiro lugar em vendas, desbancando Roberto Carlos e Anitta.
    • Os grandes eventos (shows, feiras, exposições) e festas religiosas movimentam uma infinidade de negócios. Fique atento! Se você trabalha com produtos direcionados a esse mercado é uma boa oportunidade de realizar vendas. E quem pretende atender a uma demanda desse tipo deve buscar informações para prever estoque e verificar a necessidade de contratação de funcionários provisórios. E se não pertencer à mesma religião deve se informar quais os seus valores e tradições.
    • Com o mercado religioso aquecido, os pais investem em produtos que passem os valores de sua religião. Brinquedos, jogos, conteúdos educativos e livros de colorir são produtos com grande demanda, considerando que esse público quer sempre novidades. Se você produz brinquedos e jogos tradicionais, pode incluir em seu portfólio algumas opções nesse sentido. Use sua criatividade!
  • Idéias de Negócios

    Veja aqui algumas idéias de negócios com grande potencial para Goiás, conforme o Estudo de Tendências e Oportunidades de Negócios produzido pelo Sebrae.

    Para cada idéia serão apresentados conceitos e informações relativas a processo produtivo, mercado, marketing e vendas, canais de comercialização, estrutura, localização, equipamentos, tecnologia, necessidade de pessoal, custos e capital de giro, fonte de recursos, planejamento financeiro, legislação, cursos, eventos e sites com informações de interesse do empreendedor.

    Selecione e receba em seu e-mail ou envie à um amigo as idéias de negócios que lhe interessar.

    Lembre-se, decidindo em abrir a sua empresa ou desejando expandí-la, procure o Sebrae mais próximo para lhe ajudar com seu plano de negócios e demais estratégias para o sucesso de seu empreendimento. Boa sorte!

    Livraria Religiosa
    Roupas e Paramentos Religiosos
FECHAR
Receba nosso documento em seu e-mail
Informe os dados abaixo e clique no botão “Enviar”.